Bandeira LGBT sangrando
Bandeira LGBT sangrando (FOTO: Divulgação)

Em Botswana, a discriminação acontece desde meados de junho, em Gabão, que é a região central do continente. Agora passa a punir homossexuais, especificamente o sexo gay entre eles.

De acordo com o Guia Gay, a lei entrou em vigor em Julho, mas só agora veio á tona. Denúncias de abusos por parte da policia são constantes. Botswana é o 70º país a criminalizar a homossexualidade, e perante a isso, o código penal pode gerar uma multa de até 35 mil reais.

Segundo o ativista que monitora os direitos LGBTQI+ na África Ocidental, Davis Mac-Iyalla, conversou com dois homens gabonenses que foram presos e tiveram que subornar policiais para terem a liberdade concebida.


“Isso levou a comunidade LGBT a criminalidade e ao assédio” , comentou o ativista.” A policia corrupta agora usa isso, prende pessoas e, em seguida, as pessoas precisam subornar sua saída” , disse Davis em entrevista.