Sangue
Sangue (Foto: reprodução)

Não é segredo para ninguém que há muita controvérsia em relação à comunidade LGBT poder ou não doar sangue. Muita desinformação e preconceitos arraigados assolam este tema, que é de suma importância.

Para tentar desmistificar algumas coisas, a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP precisa de voluntários para avaliar o LGBT e a prática da doação de sangue. A pesquisa está sendo financiada pela Fapesp

Segundo o Agência Aids, quem estiver interessado deverá responder um questionário muito simples e livre, cada um com sua concepção individual. O link para responder as indagações deve ser solicitado aos pesquisadores, pelo e-mail hshusp@gmail.com.


Vale frisar que, Portarias do Ministério da Saúde ainda tratam como “inaptos temporários” à doação de sangue homens que tiveram relações sexuais com outros homens. Para representantes do governo, estão visando a proteção dos receptores.