A cantora Zélia Duncan
A cantora Zélia Duncan (Foto: Reprodução/YouTube)

A cantora Zélia Duncan criticou a ministra dos direitos humanos, Damares Alves e afirmou que o governo atual brasileiro que “retirar as conquistas” da comunidade LGBTQ+. A declaração foi dada durante uma entrevista ao jornal Estadão.

“Essa ministra? Damares, inventa coisas. Do nada ela começa a falar dos homossexuais. Eles estão querendo trazer à tona aquela velha máxima, horrorosa, de que o gay é doente”, disse ela, que vai estrelar um filme lésbico ao lado de Bruna Linzmeyer.

E completou: “Se você olhar na história dos séculos, sempre foi assim. Por quê? O ódio é sempre direcionado a quem parece diferente. O diferente mostra o quão misterioso é o ser humano, né?”.


Em outro momento, Ducan ainda sugeriu que o governo fosse mais responsáveis com as minorias, como a comunidade LGBT. Para isso a artista afirmou que é importante a criação de leis que protejam estes cidadãos.

“Eles querem tirar coisas que nós já conquistamos. O que eles querem é deixar todo mundo na clandestinidade, porque aí a gente pode ser atacado. . O que o governo deveria fazer com os seus cidadãos? Protegê-los. Somos todos iguais. Você não pode olhar pra uma pessoa diferente de você e achar que ela não merece viver. Com que direito? Como é que alguém luta contra uma lei que combate a homofobia? Por quê?”, apontou.