Cachorro
Cachorro (Foto ilustrativa)

Quem é homossexual, lésbica, bissexual, transexual, não-binárie e muitos outros adjetivos, tem a dificuldade de adotar crianças, assim como também a censura a seus romances de forma pública. Mesmo que isso não seja um contexto, muitos recorrem a um cachorro para lhes fazer companhia.

De acordo com o Gay Blog, o DogHero fez um levantamento que aponta que 12,5% dos cachorros do Brasil estão em lares de pessoas LGBT, sendo que 7,8% deles se declaram homossexuais e os 4,7% restantes de dizem bissexuais. O estudo aconteceu entre os meses de julho e agosto, com 10 mil pessoas de todo país.

Na pesquisa, também foi feita a seguinte pergunta: “quanto você concorda com a frase ‘Meu cachorro é como filho para mim'”. A questão pedia para pessoas darem notas e 77,9% das pessoas deram nota 10, a máxima estabelecida.


Por fim, o levantamento ainda esclarece que 45,2% dos pesquisados adotaram seus cachorros (ou seja, não compraram), 64,8% contam com apenas um cachorro, 70,4% tem eles na idade adulta, 51% de todos moram em apartamentos, 47,6% são casados e 74,3% não tem filhos.