Ator Silvério Pereira-Foto/Reprodução.
Ator Silvério Pereira-Foto/Reprodução.

O ator Silvério Pereira que teve uma visibilidade nacional na novela “A força do querer” em 2017, declara que não se define por um único sexo.

Segundo o UOL ele apareceu na noite de premiação da revista GC Brasil, que foi realizada no Copacabana Palace. O artista apareceu como mulher, ou seja, a sua versão feminina, chamada de Gisele Almodovar.

Silvério Pereira foi o 13º premiado na noite, o ator levou o prêmio na categoria cinema pelo seu trabalho em ”Bacurau”, no qual interpretou o cangaceiro Lunga. O artista falou sobre “esperança”, lembrou de sua mãe e de suas origens, e deixou um belo recado de incentivo:


“Nessa noite eu gostaria de homenagear a minha mãe. Eu peço que vocês escutem. Algumas pessoas, talvez, eu espero que esteja bem ‘enganado, se perguntam; ‘como alguém pode vir a um prêmio chamado homens do ano vestida dessa forma? É para afrontar, aparecer, ganhar likes?’. Não. É apenas pelo direito de liberdade”, começou.

“Eu sou de 82, sertão do Ceará. Passei fome e cede no meu corpo, eu sei exatamente o que é passar fome, e passar cede, a falta de água. “
O artista entrevistado pela colunista Fábia Oliveira, afirmou: “Sou agênero”, não binário, ganhei o prêmio como homem, mas não isso não me torna menos Gisele, e como mulher, represento todas as mulheres do Brasil.”