Baixista do Red Hot Chili Pepper, Flea (Reprodução)
Baixista do Red Hot Chili Pepper, Flea (Reprodução)

Grande aliado da causa LGBTQ+, Flea, o baixista do Red Hot Chilli Peppers, revelou que já teve experiências homossexuais quando mais jovem. A declaração foi dada ao jornal The Guardian.

Prestes a lançar sua autobiografia Acid for the Children, o músico disse que acabou não colocando a aventura sexual no livro porque não achava que seria algo que fosse acrescentar em sua história.

“Eu não queria que se tornasse algo sensacionalista. E, pra mim, não foi grande coisa. Eu estava experimentando e percebi: ‘Ei, eu não sou gay’. Então, não é realmente a minha história“, contou ele.


Ainda durante a entrevista, Flea também falou sobre a relação próxima que a banda tem com a comunidade LGBTQ+. Segundo ele, um dos momentos mais marcantes da carreira foi ter estampado a capa da revista gay In Touch. “Eu me senti honrado por eles nos quererem na revista. A comunidade gay em Los Angeles foi a primeira a realmente abraçar o Chili Peppers”, contou.