Desde que revelou sua sexualidade para a família, Guga (Pedro Alves) tem passado por momentos difíceis, em Malhação. Desta vez o personagem será vítima de homofobia e será atacado no meio da rua por estar “dando pinta demais”.

Ao lado de Serginho (João Pedro Oliveira), o casal estará passeando na rua quando são surpreendidos por um grupo de jovens homofóbicos, que começam a fazer chacota dos dois.

“Tá dando pinta, bichinha?”, diz um dos homens, que logo depois começam a agredir Guga e Serginho. Na cena, o estudante vai acabar levando um soco e deixando o rosto machucado. Logo em seguida os jovens serão socorridos por um guarda de rua, que vai acabar espantando os agressores.


Recuperados, os garotos então irão para casa e são acolhidos por Camelo (Ronald Sotto), que ficará chocado com a brutalidade do ocorrido. “A gente tem que se proteger desse preconceito, contra negro, gay e pobre”, dirá Camelo.