ludmilla
Ludmilla (Reprodução/Instagram)

Nesta quarta-feira (2), Dia da Consciência Negra, a cantora Ludmilla, uma das principais artistas negras do Brasil, usou seu perfil do Instagram para refletir sobre a data histórica.

O dia 20 de novembro é um dia muito importante. É um dia que devemos parar para refletir sobre todo o histórico cultural do Brasil para analisar tudo o que nós já passamos e suportamos para chegar até aqui e reforçar a nossa luta”, iniciou Ludmilla.

Em outro trecho do texto, a namorada de Brunna Gonçalves aproveitou para agradecer a personalidades negras brasileiras que pavimentaram o caminho para que outras pessoas negras se destacassem, cada um em sua área.


“É também um dia de agradecimento, agradecimento por Zumbi dos Palmares, Dandara, Chica da Silva, Tereza de Banguela, Machado de Assis, Aleijadinho, Elza Soares, entre muitos outros negros que, assim como eu, lutamos e chegamos onde chegamos para representar a nossa raça e deixarmos uma esperança, esperança de dias melhores, esperança de dias mais serenos e felizes”, escreveu ela, que recentemente sofreu racismo.

“Nunca deixe que ninguém diga quem você é ou o que você pode ser. Lute sempre em busca dos seus sonhos e os conquiste! ‘Preto põe sapato, usa pé de pato, porque tem os pés; Come sashimi, bebe champanhe, também tem Rolex; Estranhou o quê? Preto pode ter o mesmo que você’”, concluiu, citando um trecho da música ‘Estranhou’, de Moacyr Luz.