lgbt-estadio
O Catar é um dos países mais rígidos quanto aos LGBTs (Ilustrativa)

Sendo um dos países mais rígidos quanto a presença de LGBTs em suas terras, o Catar garantiu ao time de futebol inglês, Liverpool, que seus torcedores que forem assistir o Mundial de Clubes serão acolhidos.

Em declaração divulgada pelo próprio site do Liverpool, o CEO do clube informou que a presença e a liberdade de todos os tipos de torcedores do time será assegurada pelas autoridades do país islâmico.

“Recebemos garantias que nossos torcedores LGBT serão bem-vindos ao Catar, algo que era de vital importância para nós como um clube, dado nosso comprometimento de longa data para diversidade e igualdade“, disse Peter Moore.


“Buscamos e recebemos informações sobre ingressos, hospedagem, preparação do estádio, segurança, cultura e uma noção maior de outras questões. Não ficou nenhuma dúvida pendente”, acrescentou.

Em outro momento, Moore chegou a afirmar que o objetivo não é força a mudança de valores e crenças de um povo, mas acredita que o clube possa ajudar a promover mudanças.

“Não somos uma organização política e não é nosso lugar ou ambição irmos de país em país forçando nossos valores e nossas crenças. Se o envolvimento do nosso clube de futebol, ou qualquer outro clube de futebol, sobre esse aspecto, ajudar a promover mudanças, aí eu seria o primeiro a aplaudir a ideia. Mas nosso envolvimento não deveria ser medido por isso”, declarou.