pm-policia-militar
O jovem afirma que foi esfaqueado por ser gay (Foto Ilustrativa)

Um jovem de 21 anos, que não teve o nome divulgado, foi esfaqueado nesta sexta-feira (15), na cidade de Porto Velho, em Rondônia. O garoto afirma que foi vítima de um caso de homofobia.

Em depoimento à polícia, a vítima, que é gay, afirmou que estava andando com o pai na avenida Sete de Setembro, quando foi surpreendido pelo suspeito. Ele foi atingido na região do ombro e na mão direita.

“Ele [suspeito] bateu no meu pai e depois veio com as agressões para o meu lado. Me ameaçou e também veio com preconceito”, relatou a vítima ao site G1. Segundo o jovem, ele ainda tentou fugir do agressor.


“Eu dei a volta, meu pai foi para um lado e eu para o outro. Na esquina encontrei o homem que gritou bem assim: ‘Não corre. O primeiro vai ser tu que eu vou matar depois vai ser seu pai’, aí ele me esfaqueou no braço e na mão”, relata.

Até o momento, o homem, que foi identificado como Afonso pela vítima, não foi preso. Também não há informações sobre a motivação do crime. Caso seja encontrado, o suspeito por ser preso por crime de LGBTfobia.