Bruna Surfistinha
Bruna Surfistinha (Foto: reprodução)

A escritora Raquel Pacheco, mais conhecida como Bruna Surfistinha, revelou que sua mãe biológica foi estuprada e que ela é fruto desta violência. A declaração da ex-garota de programa foi dada em uma entrevista para a revista Marie Claire.

“Minha mãe tentou aborto, não conseguiu e quase morreu. Depois seguiu adiante com a gestação e eu nasci. Mas ela já estava consciente que no hospital iria me deixar para adoção”, disse.

“E foi o que aconteceu. Minha família biológica a conhecia. Meus pais adotivos nunca falaram que minha mãe sofreu abuso, só que ela foi muito maltratada pelo meu pai”, completou a escritora, que já prepara um novo livro biográfico.


“Mas eu descobri, fui juntando as peças, sou da Umbanda, falei com entidades, procurei ajuda. Minha mãe nunca teve estrutura emocional para conseguir cuidar de mim”, contou Bruna.

Ainda durante a entrevista Rachel disse que nunca buscou conhecer sua mãe, mas afirma que sempre teve vontade. “Meus pais [adotivos] sempre deixaram claro que eu poderia conhecer minha mãe, mas eu nunca quis. Passei uma vida julgando minha mãe por ter me abandonado até eu descobrir que ela foi estuprada. Não sei como ela está, se está viva, se tenho irmãos…”, relatou, a ex-prostituta, que foi interpretada por Deborah Secco nos cinemas.