Destaque Notícias Política

Suspeito envolvido no caso Marielle tem fotos com Bolsonaro

Na manhã desta quinta-feira (3), a polícia do Rio de Janeiro prendeu mais quatro pessoas suspeitas de estarem envolvidas no assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Foram presos Elaine Figueiredo, mulher de Ronie Lessa, principal suspeito de ter executado a vereadora, o cunhado de Ronie Lessa, Bruno Figueiredo, Márcio Mantovano e Josinaldo Freitas, que estariam focados em atrapalhar as investigações do assassinato.

Segundo a Polícia, o grupo estaria há um ano trabalhando para tentar despistar as investigações sobre o caso, que inclusive será destaque no Emmy Internacional. As primeiras informações dão conta de que o grupo teria jogado as armas utilizadas no crime no mar do Rio de Janeiro.

Também nesta quinta-feira, a revista Veja divulgou uma matéria onde expõe fotos de Josinaldo Freitas, um dos suspeitos, onde ele aparece ao lado do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Segundo a publicação, ela tinha acesso às imagens desde o final de julho.

Em contato com o advogado Flávio Biolchini, que representa Josinaldo, ele afirmou que seu cliente é um professor de arte maciais conhecido na cidade, portanto, sendo uma pessoa pública “ele tem foto com todo mundo”.

Além de Bolsonaro, Josinaldo também surge em publicações com o vereador e filho do presidente, Carlos Bolsonaro (PSL) e com o vereador Marcello Siciliano (PHS), que também já foi investigado no caso Marielle.

Josinaldo Freitas e Carlos Bolsonaro (Reprodução)
Conteúdo patrocinado

Observatório da Televisão

Observatório do Cinema

Observatório dos Famosos