Agno e Leandro
Agno e Leandro (Reprodução/TVGlobo)

Um dos dramas da vida de Agno em A Dona do Pedaço era viver sua sexualidade de forma reprimida com encontros às escondidas da mulher Lyris, o que de fato acontece com muitos homens. Levar uma vida dupla para alguns é pura emoção, mas para outros é uma grande frustração.

Nos últimos capítulos da novela, o empresário assumiu sua condição, enfrentou a família, amigos e colegas de trabalho. Sua maior barreira era a filha Cássia, que na visão dele ainda é muito nova para lidar com o divórcio dos pais e saber ainda que seu genitor sente atração por outro homem.

Num bate-papo com o Observatório G, durante um evento da Nestlé sobre esporte, educação e gastronomia para crianças e adolescentes, Malvino Salvador analisou os desdobramentos de sua personagem na trama de Walcyr Carrasco. Para o ator, não vale a pena viver uma mentira por conta das imposições da sociedade e da família.  


Nos próximos capítulos da trama das 21h da Globo, Agno defenderá Leandro de ataques homofóbicos, passará a ter uma relação mais amistosa com sua ex-mulher. Estão previstas ainda cenas em que Lyris questionará Leandro sobre momentos íntimos entre ele e seu ex-companheiro. Mas a grande meta ainda é se reaproximar da filha. 

Confira! 

Sexualidade do Agno e a descoberta do amor

“Vejo o Agno como uma cara que está tentando se resolver. Mesmo a filha não aceitando ele, ela ficou sabendo de uma forma muito ríspida, através da Fabiana, ele não tem mais o que esconder de mais ninguém, ele se assumiu abertamente, mas ele tem que resolver essa questão com a filha, é a única pessoa que ele ama de verdade desde o início, talvez ele sinta amor por outra pessoa, talvez o Leandro, algo que ele nunca teve, e isso está transformando o Agno em uma pessoa melhor”.

Agno assume sua condição e enfrenta preconceitos

“É um personagem complexo, é um cara que viveu uma mentira a vida inteira por conta da vergonha, da timidez ou de não querer enfrentar a sexualidade dele. Viveu essa mentira casado, gerou uma filha. Dentro dessa angustia, teve um caráter duvidoso, cometeu erros. Mas ele está num momento de se abrir, de falar a verdade pra todo mundo. Ele tinha medo da filha, que é muito nova, com medo de que ela não entenderia. Ele estava esperando a hora certa pra contar, mas isso não aconteceu”.

Novela como inspiração para casos reais

“Sim, a dramaturgia tem esse potencial de transformar as pessoas. Se a trama é bem produzida, eu acredito que tenha o potencial de mudar a cabeça de pessoas que não se aceitam, de no mínimo fazer com que elas entendam mais, ou diminuam o preconceito, dá uma chance pra aceitação. E outro é espelhar o ser humano, de pessoas que estão passando por algo parecido e que possam tomar uma atitude, é possível sim”.

Lições do Agno pra vida do Malvino

“Não vale a pena viver uma mentira, nunca, nunca. É você ser dono das suas coisas pelo seu mérito, é seguir o caminho que o faça ser feliz, eu sou assim, mas isso ressalta essa questão pra mim, com amor e verdade”.