Megan Fox admite que teve problemas psicológicos após sexualização em
Megan Fox admite que teve problemas psicológicos após sexualização em "Garota infernal" (Foto: reprodução)

A atriz reverenciada pelo talento e beleza, Megan Fox, novamente abriu o jogo sobre questões íntimas e pertinentes. Após admitir que o filho sofre bullying na escola, por gostar de usar vestido, desta vez, ela falou dos próprios problemas.

Segundo fox, em função de Garota Infernal, filme cujo beijo com Amanda Seyfried causou um barulho estrondoso, ela acabou sucumbindo à pressão. “Não foi apenas durante esses filmes, foi em todos os dias da minha vida, o tempo todo, em todos os projetos em que trabalhei. Achei que estava enlouquecendo. Foi um transtorno real.”, explicou Fox.

“Eu não queria fazer mais nada. Não queria ser vista, não queria tirar fotos, dar entrevistas, não queria sair em público… O medo e a certeza absoluta de que eu seria ridicularizada ou julgada eram muitos fortes. Eu passei por um momento muito sombrio depois disso. Mas, agora que amadureci, vivo uma perspectiva diferente, isso me fez um ser humano muito melhor.”


Vale frisar que, em abril deste ano, o The Hollywood Reporter anunciou queMegan Fox (Transformers: A Vingança dos Derrotados) e seu marido Brian Austin Green (Barrados no Baile) estreariam o filme Dakota.