O ex-pugilista Acelipo Popó Freitas e o filho gay Juan Freitas
O ex-pugilista Acelipo Popó Freitas e o filho gay Juan Freitas (Foto: Reprodução/SBT)

Em entrevista à Folha, Popó, que já chegou a falar várias vezes sobre a relação com o filho, discutiu novamente a respeito, mas, desta vez, falou também sobre a relação com seu pai.

“Ele teve 16 filhos com três mulheres. Para ele, homem que é homem tem que comer uma mulher hoje e outra amanhã” , diz ele, que também aproveita para relembrar o momento que descobriu a orientação sexual do garoto.

“Eu sou um pai tão moderno, que um dia chegaram para mim: ‘Vem cá, você sabia que o Juan é gay?’. ‘É? Sabia não’, eu respondi.” “Aí eu fui perguntar para ele: ‘Juan, me falaram que você queima de ré. É verdade?’. Ele me disse que sentia atração por homens. Três meses depois, me apresentou um namorado. Pensou que eu ia brigar com ele. ‘Não, ué’.”


Desse modo, Popó ainda aproveita o ensejo e fala sobre eleições. Segundo ele, levantou a bandeira LGBT. “Quero mostrar para a sociedade que um homem de um esporte masculino, de um esporte grosseiro, pode tratar naturalmente um filho gay”, diz. “As pessoas têm que respeitar a orientação sexual das outras. Se você não gosta, saia. Deixe as pessoas serem felizes. Ser gay não é ser bicho. É ser livre”, completa.