Fernanda Gentil
Fernanda Gentil (Foto: Reprodução / TV Globo)

Fernanda Gentil entrou em uma tremenda saia justa com alguns internautas neste domingo (27), após afirmar que “respeita homofóbicos e racistas”. A declaração da global ocorreu durante uma entrevista à colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

“Respeito quem acha um crime ter o beijo gay. Agora, não vai bater em quem beija, entende? [Respeito] Quem, infelizmente, é racista. Agora, vai discriminar, bater, matar por que é de outra cor? Aí não”, disse a apresentadora, que é abertamente lésbica.

“Acho uma perda de tempo você julgar alguém pela cor da pele. Isso te consome. Você poderia voltar esse ódio, essa energia para uma coisa tão boa. Vai ajudar alguém, vai criar uma criança, ensinar alguma coisa a alguém, sei lá”, acrescentou ela, que acredita que nada deve ser forçado.


Mãe de duas crianças e casada com a também jornalista Priscila Montandon, Gentil falou sobre a criação das crianças e falou sobre os desafios de criar esta nova geração sem preconceitos. Além disso, comentou sobre o tabu de ser uma família com duas mães.

“Acho, de novo, que tem que ter a naturalidade das coisas. Eu também não vou botar meu filho [vestido] de rosa só pra mostrar que eu sou ‘modernosa’ e que eu estou nessa bandeira. Não vou botar um filme gay pra ele ver e dizer: ‘Olha aqui, ó’. Ele vai vestir porque gosta. Vai amar alguém porque ama, porque tem uma essência parecida. Depois, por fora, ele vai ver qual é a dele, se é a mulher ou se é o homem”, explica.

Nas redes sociais as falas de Gentil não agradou muito. Alguns internautas criticaram a postura da jornalista, que chegou a ter o nome entre um dos assuntos mais comentados do Twitter neste domingo.

Confira alguns comentários: