Trevor Meyer como Rainha do Baile
Trevor Meyer como Rainha do Baile (FOTO: Divulgação)

As questões de gênero estão cada vez mais sendo discutidas e disseminadas na mídia. Trevor Meyer havia concorrido anteriormente para o título de “Rei do Baile”, mas depois se descobriu com o gênero não-binário. Depois disso, conseguiu receber o prêmio de “Rainha do Baile”.

As informações são dispostas pela UOL, com base em declarações à NBC News. Tudo isso aconteceu numa escola da Califórnia, nos Estados Unidos. Trevor desabafou sobre essa novidade em sua vida: “Antes do anúncio, meu coração estava disparado e eu estava numa montanha-russa de emoções. Eu acho que é importante que todos participem e sejam eles mesmos”.

A irmã de Trevor, Shelbey Weidemann, falou sobre a repercussão com o público, presente na cerimônia: “A multidão estava cantando seu nome tão alto que tudo estava zumbindo”. No entanto, também reparou nos comentários negativos: “Alguns desses comentários são apenas de pessoas que querem que Trevor morra, pensando que sua expressão de gênero é ‘nojenta'”.


Trevor não se mostrou abatido: “Honestamente, adoro quando eles falam de mim, porque abre a conversa sobre identidade que levará à aceitação um dia. Obviamente, há mais coisas que precisamos fazer como comunidade, mas este é o primeiro de muitos passos. Durante o resto deste ano, tentarei o meu melhor para garantir que use esta plataforma para falar sobre a importância da representatividade”.

Kellly Avants, diretora de comunicações da Clovis East High School, se pronunciou: “Nosso corpo docente é muito inclusivo e acolhedor. Existe uma longa tradição nessa escola de ser um local que acolhe todos”.

Trevor Meyer como Rainha do Baile
Trevor Meyer como Rainha do Baile (FOTO: Divulgação)