Anitta
Anitta (Reprodução/Instagram)

A série documental Vai Anitta, que mostra os primeiros passos da cantora Anitta na música internacional, foi eleito pelo site IMDb como uma das piores produções brasileiras feitas pelo Netflix.

De acordo com a plataforma, que é referência em compartilhar resultados de aprovação dos espectadores e critica especializada, a série chega a ser pior do que a animação LGBTQ+, Super Drags. Vai Anitta foi avaliada com cerca de 5,3 pontos de 10; já o desenho animado ficou com 5,6.

No momento, a produção brasileira que tem a melhor pontuação é a recém estreada Coisa Mais Linda, que conta com nota 7,9, em seguida vem a série de ficção cientifica 3%, que conta com a nota 7,4.


Com cerca de seis episódios, Vai Anitta ficou marcado por revelar ao público os bastidores da corrida da funkeira carioca para lançar o projeto Check Mate, projeto que contou com os sucessos Downtown e Vai Malandra.

Além de exibir o que ocorreu por trás do Check Mate, o documentário surpreendeu o público ao mostrar pela primeira vez a artista falando abertamente sobre sua bissexualidade e também sobre seus problemas com a depressão.