A comediante Paulo Gustavo usou suas redes sociais nesta sexta-feira (13), para se explicar sobre o suposto corte da cena de beijo gay durante o casamento de Juliano (Rodrigo Pandolfo) e Thiago (Lucas Cordeiro), no filme Minha Mãe É uma Peça 3.

“Deixa eu explicar uma coisa para vocês, eu não retirei a cena do filme, porque simplesmente a cena não existe. Não tem essa cena no filme”, iniciou o pai de Romeu e Gael, em uma série de vídeos.

“Outra coisa, vocês estão questionando e criticando um filme que vocês não viram. De onde é que vocês estão tirando esses questionamentos? A internet está muito louca, muito doida. O povo está muito raivoso”, completou.


Em outro momento, Paulo lembra que a franquia Minha Mãe É uma Peça é um filme inspirado em sua vida pessoal. Desta forma, ele quis levar para os cinemas o momento que viveu com seu amado, Thales Bretas e que deixou sua mãe orgulhosa.

“É uma cena que eu quis fazer, quis lembrar isso que eu vivi que foi muito bonito, inesquecível na minha vida e quis inspirar outras pessoas”, explicou. E logo em seguida acrescenta: “Não é que exista a cena de um casamento, troca de alianças, ‘até que a morte os separe’ e só não há o beijo”.

Em seus vídeos, Paulo ainda fez questão de afirmar que não é uma pessoa militante, mas que entende os questionamentos do público. No entanto, ele afirma que acredita que as pessoas estão “mirando no alvo errado”.

“Precisamos sim enfrentar e combater essa era raivosa e preconceituosa! Entendo esses questionamentos, acho legítimo e importante! Mas eu acho que estão mirando no alvo errado! Não sou ativista, militante, mas sou um ser político”, afirmou.