João Dória
João Dória (FOTO: Reprodução/Globoplay)

João Dória é o atual governador de São Paulo e sua gestão já coleciona algumas polêmicas. A mais recente se refere a uma apostila que falava de assuntos como identidade de gênero, orientação sexual, DSTs e gravidez.

O material foi distribuído para alunos — entre 13 e 14 anos — do 8º ano do Ensino Fundamental, da rede estadual paulista, na disciplina de Ciências. Tomando conhecimento, Dória ordenou, na terça-feira, o recolhimento das apostilas com o tal conteúdo.

No Twitter, escreveu o seguinte: “Fomos alertados de um erro inaceitável no material escolar dos alunos do 8º ano da rede estadual. Solicitei ao Secretário de Educação o imediato recolhimento do material e apuração dos responsáveis. Não concordamos e nem aceitamos apologia à ideologia de gênero”.


Uma jornalista, em resposta, criticou a fala: “Governador Doria, ‘apologia’ é palavra usada para se falar de crime. O material do qual faz referência com jargão criminal é simplesmente a mesma linguagem usada pelo STF para criminalizar a homofobia pelo dever de igualdade. Igualdade não é ideologia. Sugiro cautela nas palavras”.

De acordo com nota enviada ao G1, a Secretaria da Educação de São Paulo afirmou que “o termo ‘identidade de gênero’ estaria em desacordo com a Base Nacional Comum Curricular do MEC e com o Novo Currículo Paulista aprovado em agosto”. A seguir, confira o polêmico trecho.