O humorista Gustavo Mendes como a ex-presidenta Dilma Rousseff
O humorista Gustavo Mendes como a ex-presidenta Dilma Rousseff (Foto: Divulgação)

O comediante Gustavo Mendes, popularizado por suas imitações leves de Dilma, acabou entrando em uma situação conturbada no meio de um show na noite de sexta (30). Nesse sentido, já que era um show de humor, o comediante fez uma piada com o presidente Bolsonaro e acabou recebendo represálias de alguns presentes.

“Eu fiz uma piada com o Bolsonaro, no meu papel do comediante, e algumas pessoas se revoltaram e tentaram impedir o show. Eu botei eles para correr, botei para fora do show, porque fascista não tem lugar no meu show”, disse Mendes em um vídeo nas redes sociais.

“Eu não vou aceitar essa tentativa de intimidação, principalmente de pessoas que se articularam para isso”, afirma Mendes. “Onde estavam estas pessoas quando eu debochava da Dilma? Quando eu debochava do Temer?”, disse ele, em seu canal do YouTube.


Em março deste ano o comediante se assumiu. O ator revelou ser gay em entrevista ao canal do YouTube Pingue Pongue, de Marcelo Bonfá. “Eu sou homossexual!”, declarou ele ao ser questionado sobre a sua sexualidade.