O youtuber Felipe Neto cancelou sua participação no evento Educação 360, que iria ocorrer nesta terça-feira (17), após receber diversas ameaças de morte contra ele e sua família.

Através do Twitter Felipe confirmou o que anda acontecendo e confessou que tem se protegido na maneira do possível. Além disso, o influenciador relatou que teve que tirar sua mãe do país.

“Infelizmente a notícia é real. As ameaças se intensificaram e estamos montando um documento para dar entrada na polícia. Já tirei minha mãe do Brasil e estou vivendo com o mínimo possível de exposição. Manterei vocês sempre informados”, escreveu Felipe que tem recebido uma série de ataques.


Após a repercussão do cancelamento e o pronunciamento do youtuber, a assessoria de Neto enviou uma nota à imprensa, informando que as ameaças se tornaram constantes desde que ele se posicionou contra a censura LGBT, na Bienal do Livro.

Conforme a assessoria, Felipe corre “risco iminente, que inclusive atinge seus familiares, o influenciador encontrou-se sem outra alternativa a não ser cancelar sua participação”.