Preste a lançar o filme Ela disse, Ele disse, a escritora brasileira Thalita Rebolças causou polêmica após ser anunciado que a produção, que será estrelada por Maisa, vai contar com um beijo gay entre adolescentes.

Famosa por lançar livros voltado ao público juvenil, Thalita já tem apostado na temática LGBTQ+ em suas obras há algum tempo. Em entrevista ao site Uol, a escritora afirmou que tenta tratar o tema “com naturalidade e de forma leve”.

“Ninguém nunca criticou. O que eu mais escuto dos leitores é sobre a leveza que trato os temas. Não quero dar lição de moral em ninguém. Abordo muitos assuntos polêmicos com naturalidade, de forma bem leve“, declara


“Tenho um livro LGBTQ+, que inclusive o Felipe Neto comprou para distribuir na Bienal, o Confissões de Um Garoto Tímido, Nerd e (Ligeiramente) Apaixonado. Sempre incluo diversidade nas minhas obras. Sou a favor do amor”, disse ela, se referindo à atitude do youtuber, que distribuiu 14 mil livros na Bienal do Livro do Rio.

Sobre o filme, Thalita garante aos leitores de Ela disse, Ele disse, que a adaptação é fiel ao enredo do livro e que houve apenas algumas poucas alterações para que os personagens fossem incluídos na era digital.