Bandeira da não-binariedade
Bandeira da não-binariedade (Ilustração)

Quem conhece com mais ‘profundidade’ a língua inglesa, certamente já ouviu falar do dicionário Merriam-Webster, um dos mais relevantes do idioma. O livro adicionou novas 530 palavras e algumas delas trazem inclusão a muitos nichos, inclusive os de não-binários.

A quem não saiba, não-binárias são aquelas pessoas que não se identificam nem como homem e nem como mulher. Sam Smith, por exemplo, foi um famoso que recentemente adotou essa identidade de gênero para si. O cantor fez um extenso e profundo desabafo.

Resumidamente, os pronomes “they” e “them” foram adicionados ao dicionário e nos países de língua inglesa. Os dois se usam como uma terceira alternativa aos conhecidos padrões de gênero masculino e feminino.


No post que divulgaram para promover a novidade, escreveram: “Em uma observação mais séria, várias novas entradas são para palavras que abordam as maneiras complexas em que vemos a nós mesmos e aos outros, e como todos nos encaixamos… ‘They’ e ‘them’ foram expandidos para incluir esse sentido”.