(Imagem: Divulgação)

Um novo recurso de segurança para usuários LGBTs do aplicativo de relacionamentos Tinder está disponível. A atualização, disponibilizada no último mês de julho, avisará aos usuários sobre as condições de segurança nos países que são perigosos para essa comunidade.

Atualmente, quase setenta países ainda criminalizam legalmente as relações homossexuais ao redor do mundo, com ao menos nove deles punindo essas relações com a morte. A partir de um estudo realizado em parceria com a Associação Internacional de Gays e Lésbicas (ILGA), o Tinder mapeou essas localizações e sinalizará o usuário que adentrar esses países.

Nomeado “Alerta do Viajante”, o recurso tornará oculto o perfil do usuário LGBT+ nessas regiões. Em seguida, apresentará um informativo sobre as condições de segurança naquele país e o usuário deverá escolher caso decida tornar seu perfil disponível novamente. Nesses casos, o Tinder ocultará automaticamente qualquer informação sobre orientação sexual ou identidade de gênero.


Todo esse cuidado se tornou necessário após diversas denúncias de que autoridades estariam utilizando aplicativos de relacionamento gays para perseguir e prender cidadãos LGBT.

A atualização já está disponível nos países mapeados pela empresa.