O teste é recomendado para pessoas de 13 a 69 anos (Foto Ilustrativa)
O teste é recomendado para pessoas de 13 a 69 anos (Foto Ilustrativa)

No dia 15 de agosto, das 8h às 12h, a Unidade de Suporte à Urgência (USU/UFGD) vai promover testes rápidos de HIV e Sífilis. Desse modo, 80 vagas serão disponibilizadas para a testagem a servidores, terceirizados e estudantes da UFGD e Uems. A USU fica no Centro de Convivência da Unidade 2 da Universidade Federal, na Cidade Universitária.

A campanha que promove a medida chama-se Fique Sabendo, que é uma ação iniciada em 2005 e direcionada à ampliação do diagnóstico precoce. Assim, em aproximadamente 30 minutos o teste fica pronto. É necessário apenas uma gota de sangue, conforme pontuou Dourado News.

Nesse sentido, vale frisar que o diagnóstico precoce é de suma importância para o acompanhamento do paciente, evitando o desenvolvimento de Aids. Segundo Camila Pimentel, psicóloga e coordenadora do Projeto Viva Melhor, que também realizou testes recentemente, a maioria dos óbitos por HIV acontecem por conta do diagnóstico tardio.


“Atualmente os casos de morte relacionados ao vírus está ligado a falta de conhecimento do quadro, muitas vezes ocasionado pelo preconceito. O trabalho que estamos realizando é para prevenir e identificar as vulnerabilidades que levam esses indivíduos a estarem expostos aos riscos”, disse.