Tudo começou de forma despretensiosa quando Luiz, de 27 anos, pedia fotos íntimas de seus seguidores no Twitter, lá em 2013. Desde então sua caixa de mensagens sempre está cheia de imagens de “pintos”.

“Até hoje eu não entendo o porquê das pessoas realmente enviarem”, contou Luiz em entrevista para Universa. “Na época, fiquei conhecido no Twitter por isso”, acrescentou.

Apesar de desde 2013 o jovem bombar na rede social com comentários sobre as aparências dos pênis alheios, a primeira edição do concurso aconteceu apenas em 2016, quando Luiz pediu as imagens e premiou, citando o nome do usuário vencedor – mas sem divulgar qual era o nude da pessoa.


Para participar do concurso, que acontece exclusivamente no Twitter, os candidatos precisam concordar com os termos e condições, que incluem a possibilidade de passar por sérias críticas e julgamentos nas rede sociais. O aviso é feito como uma forma de preparo psicológico.

Apesar de anos no comando da premiação, Luiz afirmou à publicação que não se interessa em participar. “Gosto mesmo de estar no comando da competição. Não quero ser o centro das atenções”, relatou.

O jovem ainda revelou qual seria o estilo de pinto que mais o atrai. “Eu, pessoalmente, acho bonito é um simétrico, limpo e aparadinho. Não raspado, mas aparadinho”, declarou.

Outro concurso inusitado é o Meu Ovo é um Show. A premiação realizada em um bar LGBT de Salvador tem o objetivo de eleger o maior, o menor e o mais bonito testículo da cidade.