Homem sofre homofobia em ônibus (Foto: Unsplash)
Homem sofre homofobia em ônibus (Foto: Unsplash)

Ao retornar da Parada LGBT de Manchester, na Inglaterra, um homem foi agredido verbalmente diversas vezes por uma mulher idosa que utilizava o mesmo ônibus, mas passageiros se uniram para defendê-lo. Caso foi registrado em vídeo. 

Após ouvir o passageiro comentar sobre a Parada que havia acabado de terminar, ressaltando sobre como se sentiu orgulho de ter participado e levado conscientização sobre questões como o HIV/AIDS para os participantes, a mulher de cerca de setenta anos gritou em direção a ele, chamando-o de palavras como “nojento” e “veado”. 

O passageiro, que utilizava uma camisa escrito “homofobia é crime”, esperou a senhora acabar o ataque e então a respondeu: “você têm a liberdade de ser quem você quiser ser. Todos nós temos, especialmente neste fim de semana”. 


Após alguns minutos, entretanto, a senhora voltou aos ataques, ainda mais alto. O motorista do ônibus, então, pediu para que ela se acalmasse e tomasse cuidado com as palavras. Outros passageiros também se manifestaram em defesa do rapaz, até que as violações cessaram. Pessoas contrárias à comunidade LGBT também se reuniram para se manifestar contra a Parada do Orgulho LGBT em Manchester este fim de semana.