O Prêmio Sexy Hot 2019, sexta edição do Oscar do Pornô Brasileiro, foi a maior e mais luxosa edição até então! Realizado em São Paulo, o evento foi marcado por uma maior presença feminina e pelo retorno das categorias de Pornô LGBTs.

A premiação, que homenageia os maiores sucessos da indústria pornô nacional, havia retirado as categorias referentes à gays, lésbicas, bissexuais e pessoas transgênero na última edição. Segundo a organização do evento, essas categorias não receberam inscrições no último ano.

Este ano, cinco das dezessete categorias são dedicadas a produções LGBT: Melhor Atriz Homossexual; Melhor Cena Homossexual Feminina; Revelação do Ano LGBT; Melhor Atriz Trans; e Melhor Cena Transexual.


O prêmio de Melhor Atriz Homossexual ficou com a stripper e atriz Patrícia Kimberly (35 anos). Patrícia trabalha desde os dezoito em produções pornográficas e protagoniza cenas com ambos os gêneros. A Melhor Cena Homossexual Feminina foi a realizada por Alessandra Maia e DreadHot, de “Sugar baby” (XPlastic).

A Revelação do Ano LGBT ficou por conta da atriz transgênero Victoria Neves, da cena “Escravinha T” (TSRaw). Já os prêmios de Melhor Atriz Trans e Melhor Cena Transexual foram para Carla Novaes, de “Trocando o óleo” (Vídeos Made in Brazil).

Quais cenas LGBTs do Oscar Pornô já estão na sua lista?