Prestes a estrear com nova temporada do programa Pesadelo na Cozinha, na Band, o jurado do Masterchef, Erick Jacquin anuncia que vai abrir novamente seu restaurante. O empreendimento foi fechado em 2014, após problemas financeiros.

Em entrevista ao site Notícias da TV, Jacquin declarou que para o novo restaurante está em busca de profissionais bem diversos, para fazerem parte de sua nova equipe. O objetivo é retratar o verdadeiro Brasil.

“Hoje imprimi 400 e-mails [com currículos]. Quero fazer um restaurante que é o espelho do Brasil. Quero todos os tipos de pessoa, mulher, japonês, negro, gay. Quero um anão, estou procurando. E quero drag queen. O Brasil é isso”, afirma.


Ainda durante a entrevista, o chef de cozinha revelou que no antigo empreendimento ele era muito duro com os funcionários, por isso acabou recebendo vários processos trabalhistas. No entanto, ele acredita que com a reforma pode ajuda-lo na nova empreitada.

“Eu jurei nunca mais assinar uma carteira de trabalho, mas voltei atrás. Quando falei que ia abrir um restaurante, é porque a lei trabalhista mudou. É uma evolução do país, precisa disso”, afirma o francês.

Outra personalidade que defende a contratação de funcionários LGBTs para trabalhar em sua empresa é a apresentadora Xuxa Meneghel. Em entrevista ao Observatório G, Xuxa fez questão de levantar a bandeira: “O mundo é gay”.