Aumentou a LGBTfobia em alguns países. (Foto: Unsplash)
Aumentou a LGBTfobia em alguns países. (Foto: Unsplash)

Uma nova pesquisa revelou que aumentou a homofobia e a intolerância contra LGBTs em alguns países europeus. O fato do governo não se empenhar para a aprovação do casamento igualitário está ligada ao aumento da homofobia entre os cidadãos. 

A Associação Europeia de Sociologia analisou mais de 330.000 pessoas em cerca de 30 países entre 2002 e 2016. A pesquisa também indica que a aceitação de pessoas LGBT+ aumentou em países que reconheceram o casamento igualitário.

Na maior parte dos países, aumentou a aceitação de pessoas LGBT+. Entretanto, em países como a Rússia, a Bulgária, a Lituânia, a Polônia e a Ucrânia, a aceitação diminuiu. Em 2016, cidadãos de países como Rússia, Hungria e Lituânia mais discordaram que concordaram da afirmação “Gays e lésbicas devem ser livres para viver de acordo com seus desejos”.

É importante notar que os cidadãos desses países têm experimentado aumento dos crimes de ódio de motivação LGBTfóbica. Na Rússia, por exemplo, um casal gay precisou deixar o país para não perder a guarda dos filhos sob a “Lei Anti-Propaganda Homossexual”. Na Polônia, um grupo de extremistas também atacou a Parada do Orgulho LGBT em julho deste ano.