3ª temporada de Andi Mack mostra declaração de amor entre dois meninos Foto: Reprodução
3ª temporada de Andi Mack mostra declaração de amor entre dois meninos (Foto: Reprodução)

Nos Estados Unidos, grupos conservadores estão horrorizados com o suposto progressismo promovido pela Disney. Desse modo, a associação American Family e outros grupos, têm emitido alertas contra o apoio da Disney ao ativismo LGBT. O argumento invocado pelos protestantes diz que os conteúdos apresentados são imorais e promovem comportamento pecaminoso.

Recentemente, a série do Disney Channel, Andi Mack, foi apontada como um exemplo negativo. O entrave se deu em decorrência da presença de um personagem central gay. A produção é destinada para o público adolescente.

A série foi lançada em 2017 e acabou cancelada em abril de 2019. Porém, os episódios restantes da terceira temporada foram exibidos.


O site The Christian Post chamou a atenção, na quinta-feira (1º), para o final de Andi Mack que, nos EUA, foi transmitido no último dia 26 de julho. A programação terminou com uma cena que mostrou o personagem Cyrus Goodman, interpretado pelo ator Joshua Rush, confessando sua atração pelo colega de classe TJ Kippen, representado por Luke Mullen.

Nesse sentido, a influência desse tipo de conteúdo na geração atual de crianças e adolescentes é justamente o que preocupa os cristãos americanos. Assim, os religiosos não criticaram apenas Andi Mack, mas também outros trabalhos da Disney, conforme pontuou o Pleno News.