A cobertura da TV Globo sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes, foi indicada ao Emmy Internacional na categoria de jornalismo. A indicação foi anunciada nesta terça-feira (6).

Na categoria a Globo vai concorrer ao lado das emissoras Channel 4, pela cobertura do escândalo do Cambridge Analytics; Al Jazeera, pela cobertura do terremoto e tsunami em Sulawesi, na Indonésia; e RT, pela cobertura do incêndio em um shopping na Siberia.

O Emmy será realizado no dia 24 de setembro, em Nova York. A premiação internacional apenas conta com participação de emissoras de televisão não-americanas e que são associadas à organização.


Na última semana saíram mais uma novidades quanto ao assassinato da ativista LGBT+. A justiça do Rio de Janeiro autorizou a contratação de uma empresa para desbloquear os aparelhos celulares dos ex-PMs Ronnie Lessa e Élcio de Queiroz, suspeitos de participarem do assassinato da vereadora.

As informações extraídas dos aparelhos serão encaminhadas para o Ministério Público do Rio de Janeiro, para análise pericial. O pedido foi feito por promotores do grupo de combate ao crime organizado do MP-RJ.