A TV Globo está sendo acusada de censurar uma homenagem à vereadora Marielle Franco nesta quinta-feira (15), no The Voice Brasil. O protesto teria ocorrido durante a gravação, mas não foi ao ar.

Conforme uma internauta identificada como Jéssica Moraes, que participou da gravação do programa no dia 10 de julho, a plateia teria gritado “presente”, após uma das participantes falar seu nome: Marielly Santos.

Segundo Jéssica, ao ver a reação da plateia, Iza também entrou na provocação e respondeu: “Presente”. Em seguida, a cantora Ivete Sangalo também fez o mesmo caminho e disse: “Marielle presentíssima”, declarou ela, que no último programa homenageou Carlinhos Brown.


Durante a apresentação, a jovem Marielly interpretou a canção Paciência, do cantor Lenine. A apresentação emocionou as juradas Iza e Ivete Sangalo, que viraram as cadeiras. A jovem escolheu ficar no time da baiana.

Em falar em Marielle e Globo, no início do mês a emissora foi indicada ao Emmy Internacional, justamente pela cobertura do caso Marielle Franco. A rede de televisão está concorrendo na categoria Jornalismo. A premiação acontece no dia 24 de setembro, em Nova York.