Em evento, Bolsonaro critica famílias LGBT e diz: ” Ideologia de gênero é coisa do capeta”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste sábado (10), o presidente Bolsonaro participou da Marcha para Jesus em Brasília e voltou a direcionar suas críticas às famílias LGBTs. Desse modo, bradou: “Família é homem e mulher”, enfatizando novamente o disposto na Constituição.

Não satisfeito, ele reiterou seu pavor pela chamada ‘ideologia de gênero’ que, segundo ele, é ‘coisa do capeta’. Para ele, estudos sobre gênero jamais podem ser introduzidos no ensino. Nesse sentido, o chefe do Planalto atacou governos anteriores por “acolher esse tipo de coisa”, se referindo a políticas de apoio a grupos minoritários, como LGBTs. “Não existe essa coisa de ideologia de gênero. Isso é coisa do capeta. O Governo do DF não vai aceitar isso no ensino”, disse.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Se querem que eu acolha isso, apresentem uma emenda à Constituição e mudem o artigo. Como não tem como emendar a Bíblia, vou continuar acreditando nisso. Família é homem e mulher”, repetiu.

Contudo, ele afirma não existir discriminação em seu governo, segundo sua percepção, eles não têm preconceito. “Não discriminamos ninguém. Não temos preconceito. As leis existem para defender as maiorias. As minorias que não prejudicam ninguém, vai ser feliz (sic) ”, afirmou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio