Mesmo seguindo a vontade de muitos fãs, a busca da Marvel pela diversidade no cinema não tem agradado uma parcela dos fãs da gigante dos quadrinhos de super-heróis.

Após anunciar que em Thor: Love and Thunder, a personagem vivida por Natalie Portman, será a Poderosa Thor, alguns fãs da saga foram ‘xingar muito no Twitter’ o diretor do filme, Taika Waititi.

“Estou tão triste sobre isso. Não gostei de nenhuma parte do anúncio sobre este filme”, disse um fã. Sempre com bom humor, o diretor respondeu: “Calma, calma. Você vai superar. Quando perceber que não sabe o que quer até que eu entregue isso para você”.


Nas últimas semanas a Marvel também anunciou que a Valquiria será a primeira heroína LGBT do Universo Compartilhado da Marvel nos cinemas. No novo filme ela vai se revelar lésbica, ao procurar uma “rainha” para governar o reino de Asgard ao seu lado.

O anúncio também não agradou outro fã, que alfinetou o diretor. “O que acha de não fazer mais filmes? Por que mudar o personagem agora?”. De forma irônica Waititi respondeu: “Vá para a cama colega, está na hora. Você tem escola na segunda-feira, então, nada videogame e internet até o próximo fim de semana. Beijos”.

Mas pelo jeito as novidades quanto à representatividade LGBTQ+ no próximo filme de Thor não param por aí. Correm rumores de que na nova produção do Deus do trovão vai contar com uma heroína transexual. A escolhida será a Sera, a primeira personagem trans da Marvel.