A atitude de um deputado bolsonarista chamou atenção durante um evento na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (Alba) nesta terça-feira (27), onde foi debatida a visibilidade lésbica.

Em meio a uma plateia cheia de LGBTs, drag queens e ativistas de esquerda, o deputado estadual Capitão Alden (PSL-BA) roubou a cena durante a audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública, ao afirmar seu compromisso contra a LGBTfobia.

Conforme o site Bahia.Ba, segurando anúncios de jornais e sites com notícias com diversos tipos de discriminação, Alden declarou: “Toda e qualquer luta que garanta os direitos humanos é válida. E defenderei isso nem que arrisque a minha vida”. E completou: “É contra isso que luto”.


A postura do Alden não é comum dentro da sigla, que se destaca por ter um fala mais problemática, quando se diz respeito a direitos humanos. A exemplo disso temos deputada Joice Hasselmann, que recentemente fez uma enquete sobre a criminalização da LGBTfobia.