Parece que o deputado federal Alexandre Frota ainda guarda mágoas do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Em entrevista publicada pela Folha de São Paulo nesta sexta-feira (16), o ex-ator pornô chamou Bolsonaro de “idiota ingrato”.

“Bolsonaro não é burro, senão ele não chegaria onde chegou, mas é um idiota ingrato que nada sabe. Aquela cadeira de presidente ficou grande para ele e ele se lambuzou com o mel da Presidência”, disse Frota ao jornal.

E completou: “Bolsonaro se mostra, muitas vezes, infantil. Ele não está preparado para o cargo para o qual foi eleito, para o qual eu, infelizmente, ajudei a elegê-lo”, declarou o muso da revista G Magazine, que logo em seguida acrescentou que o presidente é “inseguro, medroso e caricato” e acredita “nas próprias fantasias”.


O ex-ator pornô, que foi expulso do PSL nesta última terça-feira (13), ainda alfinetou o presidente ao fazer uma comparação de sua carreira na pornografia, com a de Bolsonaro no Exército.

“Bolsonaro não foi ninguém no Exército, saiu expurgado de lá, não foi brilhante, ou estou errado? Não estou. Eu, como ator pornô, dei mais certo do que ele no Exército. Bolsonaro está fazendo parte de uma matilha cultural e social de extrema-direita, que assim como a esquerda, que durante muito tempo trabalhou isso, acham que vão dominar o país”, falou o deputado, que recentemente confessou já ter beijado vários homens.

Para a publicação Frota ainda confirmou que o presidente pediu ao líder do partido, deputado Luciano Bivar (PSL-PE), sua expulsão da sigla. Os motivos seriam suas constantes criticas publicas às ações do governo.

“A impressão que eu tenho é que o Bolsonaro não saiu da campanha. Ele acha que o Palácio (do Planalto) é um palco. Ele tem que levantar as mãos para o céu por ele ainda ter do lado dele o Paulo Guedes, o Sergio Moro. Mas o castelinho de areia uma hora vai ruir e ele vai ficar perdido como um cachorrinho vira-lata numa montanha de lixo”, declarou o pai de Mayã Frota.