E a novela da Parada do Orgulho Hétero ganhou mais um episódio. Desta vez o evento marcado para acontecer no próximo dia 26 de agosto na cidade de Modesto, na Califórnia, foi cancelado.

O veto foi realizado na última sexta-feira (9), pelo conselho municipal de Modesto, após a solicitação do alvará de liberação do grupo chamado National Straight Pride Coalition, para realizar o evento político na cidade.

Em um comunicado enviado à imprensa local, o conselho informou que o certificado de seguro de responsabilidade civil para o evento foi anulado. Tornando inviável o aluguel de espaços públicos da cidade, como praças, para realização do evento.


Na tentativa de conseguir a liberação de um espaço para fazer a Parada Hétero, um dos lideres do grupo, identificado como Grundmann, se reuniu com o conselho da cidade e chegou a afirmar que a organização é “um grupo racista pacífico”.

No último mês a Parada do Orgulho Hétero foi notificada pela Netflix, após eles usarem o nome e marca da empresa para se promover. Ao saber do caso, a empresa enviou um e-mail solicitando a retirada das imagens em 24h, caso contrário, os responsáveis iriam responder legalmente por uso indevido de imagem.