Atores detidos
Atores detidos (Reprodução)

Dois atores foram presos pela polícia venezuelana neste domingo (4), após apresentarem um espetáculo onde interpretavam dois policiais homossexuais. A detenção dos artistas aconteceu durante a apresentação da peça.

Conforme o site Notícia ao Minuto, além dos atores Aisak Ovalles e Pedro Huice, a Polícia Nacional Bolivariana (PNB) fez a detenção de mais dois membros do grupo de teatro: Izrael Leonam Torres (diretor da peça) e a produtora Johana Villafranca.

Os atores foram acusados pela polícia de ridicularizar as verdadeiras funções da polícia, de usurpação de função pública e de vestir uniforme e usar insígnias policiais.


Na última semana, Aisak Ovalles, que também é ativista LGBTQ+, usou suas redes sociais para informar aos seus seguidores que estava sendo perseguido pela polícia do país. Segundo ele, a qualquer momento ele poderia ser detido.

“Quero dizer-lhes que a PNB, as Forças de Ações Especiais, o Serviço Bolivariano de Inteligência [SEBIN, serviços secretos], a Guarda Nacional Bolivariana e todos os organismos de segurança deste país estão a procurar-nos pela peça ‘Dois Polícias em Apertos’. Porquê? Não sei!”, disse.