Daniela Mercury acusou o deputado federal e pastor Isidorio de homofobia (Imagem: Reprodução)
Daniela Mercury acusou o deputado federal e pastor Isidorio de homofobia (Imagem: Reprodução)

Na manhã desta sexta-feira (9), a cantora Daniela Mercury venceu a briga judicial com o Pastor e saiu exitosa do Fórum Criminal de Salvador. Ela participou de uma nova audiência da ação movida contra o deputado federal Pastor Sargento Isidório (AVANTE-BA).

Em relação ao caso, no ano passado, o Pastor gravou um vídeo, onde proferia palavras ofensivas direcionadas à comunidade LGBT+. Assim, o Ministério Público da Bahia, protocolou o pedido do advogado da cantora e estabeleceu condições da transação penal proposta ao sargento Isidório. A cantora entrou com um processo contra o parlamentar após ele também tê-la insultado em vídeo com declarações lesbofóbicas.

De acordo com o acordo, o parlamentar deveria retirar de todas as mídias sociais o vídeo. Além do mais, deveria, solenemente, pedir desculpas à cantora, tendo em vista que esse pedido teria que ser público.


Segundo a Revista Fórum, o vídeo em que o deputado pede perdão foi gravado dentro da sala de audiência, com tempo semelhante ao que comete as injúrias. Assim, as imagens devem ser publicadas em breve nas redes sociais dele.

Ademais, Isidório terá que pagar também 25% do salário de deputado durante cinco meses a duas instituições filantrópicas escolhidas durante a audiência: o Instituto Nice de Apoio a Mulheres Travestis e Transsexuais e o Hospital Martagão Gesteira, que trata crianças com câncer.