Um jovem de 18 anos foi preso após ameaçar reiteradamente abrir fogo contra um bar frequentado pelo público LGBT em Ohio, Estados Unidos. Em sua casa, foram encontradas vinte e cinco armas e mais de dez mil cartuchos de munição.

Justin Olsen era o moderador de um fórum online em que exaltava a ação dos atiradores em massa e ameaçava realizar um atentado contra um bar gay. Agentes federais e uma organização não-governamental também foram ameaçados pelo rapaz.

Após ter sua residência investigada, a polícia descobriu que o jovem estava em posse de quinze rifles e dez pistolas semi-automáticas, bem como cerca de dez mil cartuchos de munição para as armas. Na internet, o autor também afirmava estar em negociações para comprar um fuzil AR-15. 


Para a polícia, Justin Olsen admitiu ter feito as ameaças, mas informou que se tratava de “uma piada”. No último final de semana de julho, foram  realizados dois tiroteios em massa no intervalo de 12 horas nos Estados Unidos. No sábado, vinte pessoas foram vítimas de um atentado na cidade de El Paso, no Texas. No domingo, outras nove pessoas foram assassinadas em um segundo atentado. Desta vez, no mesmo estado do jovem,  Ohio.