Jefferson Cruz (FOTOS: Reprodução/Facebook)

Acusado de agredir e estuprar um jovem de 23 anos em Moreno, Pernambuco, Robson da Silva Alexandre foi preso na manhã de quinta-feira (1). Ele estava foragido desde dezembro de 2018.

Rememorando o caso, no dia 7 de dezembro do ano passado, o estudante estava em um bar com os amigos comemorando uma aprovação e foi vítima de um crime brutal. O rapaz foi assaltado e brutalmente agredido. Ao chegar no hospital, “foi constatado varias lesões no corpo, cabeça, lesões no pulmão e traumatismo craniano”. Ele foi operado às pressas para a retirada de um coágulo no cérebro e ficou em estado de coma por cerca de um mês.

Nesse sentido, um jovem fez uma postagem nas mídias sociais, que contabilizou mais de 20 mil compartilhamentos. Assim, o caso de Jefferson Cruz, o Jeff, veio à tona. “Estou feliz, muito feliz e aliviada. Agora, só peço que Deus me ajude a perdoar esse homem, mas é difícil, viu?”, desabafa a mãe.


“Meu filho está reagindo ao tratamento, faz fisioterapia quatro vezes por semana e, amanhã, vem a fonoaudióloga para uma visita. A médica disse que ele entende tudo o que eu digo e faço. Agora, já mexe os pés e pisca. Nesse fim de semana, meu netinho, sobrinho do Jeff, está aqui. Ele não larga o tio. Fica toda hora acarinhando o pé dele”, conta.