E mais uma vez a arte imita a vida. Uma professora baiana disse já ter vivido algo parecido com o que a personagem Britney está passando na novela das nove, A Dona do Pedaço (TV Globo).

Nos últimos episódios, a personagem trans tem entrado em um dilema: não sabe se conta a Abel (Pedro Carvalho), um colega que já demonstrou interesse por ela, que é uma mulher transgênero.

Professora de saúde mental de uma universidade baiana, Helena (como preferiu ser identificada), disse que já passou algumas vezes por esta questão e que não vê necessidade de transexuais informarem sobre a condição.


“Eventualmente, quando conheço alguém e a relação vai se encaminhando, eu falo da minha história porque quem gostar de mim vai gostar com todo o processo que eu vivenciei. Eu sou essa pessoa. Mas não acho que há obrigação das pessoas falarem que são transgêneros“, afirmou ela ao site Uol.

Segundo Helena, o fato da personagem Britney ser interpretada por uma atriz transgênero é muito significativo, além disso, ela também elogia a interpretação de Glamour Garcia.

“Ela tem esse lugar de fala e de vivência. Só quem tem propriedade de interpretar uma personagem trans é uma mulher trans. São questões do dia-a-dia muito sutis, de preconceito, de rechaço, dificuldade familiar, e até nas relações íntimas. Não entendo como uma pessoa cisgênero poderia fazer. É difícil de conceber”, disse.