O estado do Pará vai realizar pela primeira vez uma cirurgia de mastectomia em uma pessoa transgênero, através do Sistema Único de Saúde (SUS). O caso também é o primeiro da região norte.

Conforme informações do site G1, em uma fila de 10 pacientes, Rafael Carmo será a primeira pessoa a se beneficiar com a cirurgia. A previsão é que a mastectomia seja realizada ainda nesta sexta-feira (26), no Hospital Jean Bitar.

A expectativa são as melhores não só por ser o primeiro, mas por saber que o serviço será realizado no nosso estado e saber que seremos pioneiros no norte nesse procedimento. É realmente muita felicidade saber que o estado está se comprometendo com a população trans”, disse o paciente ao G1.


Conforme o Hospital, a cada mês será realizado uma para pessoas trans, como: pan-histerectomia, colocação de prótese mamária, retirada da mama (mastectomia), útero, ovários e trompas do homem trans. Os procedimentos cirúrgicos seguirão a ordem de entrada dos pacientes no programa da UREDIPE.