Jessica Silva
Jessica Silva, jogadora portuguesa de futebol feminino (FOTO: Reprodução/YouTube)

A jogadora portuguesa de futebol feminino, Jéssica Silva, afirmou que ainda falta muito caminho a ser percorrido para que o esporte chegue a ser respeitado como no caso da modalidade masculina.

A declaração da atleta foi dada durante uma entrevista para o jornal português Record. Inclusive, a jogadora lembrou da importância de Marta no futebol e da discrepância no tratamento das mulheres e dos homens no esporte.

“Acho que nós, mulheres, merecemos ser valorizadas por aquilo que fazemos. (…) Ela [a Marta] e todas temos de ser valorizadas por aquilo que somos, que damos à modalidade, pelo que conquistamos, pelo esforço e pelo sacrifício. Isso não acontece e é mau. A discrepância é tão grande, o tratamento é tão grande também que temos que reivindicar um pouco isto, que não pode ser assim”, começou por dizer.


E continuou: “Tenho pena que haja muitas almas que pensem: ‘a Jéssica joga futebol, ou a Jéssica é homossexual’. (…) As pessoas não podem criar um preconceito de uma forma tão fácil. Há um preconceito gigantesco no futebol feminino”.

A fala de Jéssica vai contra ao que a jogadora brasileira Cristiane Rozeira falou em uma recente entrevista ao site Be Rainbow. Segundo a atleta, o fato dela ser homossexual nunca atrapalhou dentro do futebol feminino.