Pabllo Vittar, Emicida e Majur na apresentação de AmarELO (Reprodução/Twitter)
Pabllo Vittar, Emicida e Majur na apresentação de AmarELO (Reprodução/Twitter)

A MTV Brasil está sendo acusada de boicotar a cantora Pabllo Vittar durante sua performance no MTV MIAW, que foi exibido nesta quinta-feira (4). Ao se apresentar ao lado de Emicida e Majur, a cantora teve o áudio do microfone cortado.

Gravado na noite anterior a exibição, vídeos da apresentação já circulavam nas redes sociais dando a entender que a performance da música AmarELO, na qual Pabllo faz participação, seria tão emocionante quanto o clipe. Mas não foi isso que aconteceu.

“Não acredito que boicotaram ela”, comentou um fã incrédulo. “Serio? Boicote total então, e ainda tem coragem de ter a bandeira LGBT no icon 🤮🤮🤮🤮 @MTVBrasil”, disse um fãs. “Isso não é justo”, escreveu outro. Um outro fã chegou a dizer que a atitude da emissora foi preconceituosa: “@MTVBrasil homofóbica”, disse.


Por meio do Instagram, a cantora se pronunciou e disse que não entendeu o que ocorreu com o áudio do seu microfone, já que no dia da performance ocorreu tudo bem. “Aqui os vocais originais da performance. Eu não entendi pq silenciaram mas tá aqui! Bjs”, publicou a cantora nos stories do Instagram.

*Até o momento a MTV Brasil não se posicionou sobre o caso.