Penelopy Jean (Reprodução/Instagram)
Penelopy Jean (Reprodução/Instagram)

A drag queen Penelopy Jean relatou nesta terça-feira (16), um constrangimento que passou com um motorista do aplicativo Uber, em São Paulo. O caso foi registrado em vídeo e publicado nas redes sociais da artista.

Segundo Penelopy, que é conhecida na cena drag como cover de Lady Gaga, o motorista chegou a chama-la de “imbecil” e avisou para ela “ficar quieta”, após ele mesmo ter errado o caminho do destino solicitado.

“O motorista da @Uber_Brasil errou o caminho, me chamou de ‘IMBECIL’ e mandou eu ‘ficar quieto’ e descer do carro no meio da rua, pois segundo ele tem a ‘nota maravilhosa’. Como se isso lhe desse o direito de me destratar. Inaceitável! Me senti humilhado”, escreveu a artista, que recentemente encontrou com Lady Gaga nos EUA.


Após a repercussão do caso nas redes sociais, a Uber entrou em contato com Penelopy, afirmando que lamentava o ocorrido e pediu para que a drag passasse maiores informações sobre o ocorrido.

“Olá, Penelopy! Lamentamos pelo ocorrido. Para que possamos te ajudar sobre isso, nos informe de forma privada a data e horário da viagem em questão. É importante também que nos informe o e-mail e o número com DDD cadastrados na plataforma do solicitante da viagem”, comentou a empresa no post.

Desde que Penelopy publicou o caso de constrangimento no Twitter, a publicação tem se tornando um grande mural de desabafos, onde diversas pessoas têm relatado casos de abusos e constrangimentos por parte de motoristas do aplicativo.