Carlos Bolsonaro
Carlos Bolsonaro (Foto: Reprodução/Instagram)

Ávidos críticos do progressismo e de qualquer pauta vinculada à esquerda, os filhos do presidente Bolsonaro seguem sendo eco do pai em vários aspectos. Desta vez, o alvo das críticas incisivas foi a plataforma Instagram.

A rede social passou a não explicitar mais os números de curtidas que cada publicação recebe. Desse modo, segundo o Instagram, a medida inovadora é uma forma de não fomentar a competitividade. “Não queremos que as pessoas sintam que estão em uma competição dentro do Instagram. Nossa expectativa é entender se uma mudança desse tipo poderia ajudar as pessoas a focar menos nas curtidas e mais em contar suas histórias”, disse o Instagram, por nota.

Contudo, quem resolveu se manifestar após o ato foi Carlos Bolsonaro em seu Twitter.“Confere que o Instagram não mostra mais o número de curtidas numa postagem? Empresa privada, ok. Se isso for real, saiba que o intuito é barrar o crescimento dos que pensam de forma independente, ou seja, aqueles que estão rompendo o sistema. Quem raciocina sabe o que isso significa”, escreveu ele.


Nesse sentido, Carlos ainda enfatiza que a medida é uma forma de incentivo à “cartilha ideológica progressista” e cerceamento da expressão de pensamentos diferentes. “As justificativas usadas para não mostras as curtidas no Instagram, como combate ao bullying e suas derivações, são apenas a certeza de que seguem a cartilha ideológica “progressista”. Querem limitar o interesse da informação e criar manipulados como em todos os campos já sabidos”.