Esta é a segunda vez em menos de um mês que o bar sofre um ataque (Reprodução/Atitude)
Esta é a segunda vez em menos de um mês que o bar sofre um ataque (Reprodução/Atitude)

Pela segunda vez no mês uma bandeira de arco-íris é queimada na frente de um bar LGBT+, na cidade de Nova York. O caso aconteceu na tarde desta segunda-feira (8). Até o momento nenhum suspeito foi identificado.

Conforme informações do site Daily Mail, o dono do bar Alibi Lounge , Alexi Minko, declarou que a bandeira teria sido queimada por volta de umas 12h20. Após o relato, a polícia acredita que o vandalismo pode ter sido motivado por lgbtfobia.

“Eu acho estranho o timing dos dois eventos”, disse Minko. “Na primeira vez, estávamos no começo do mês do orgulho LGBT e, na segunda, no fim. É preciso investigar se os criminosos querem enviar algum tipo de mensagem”, disse o empresário.


Ainda conforme um relato de Minko, no dia do feriado de 4 de julho, funcionários tiveram que retirar a bandeira da frente do estabelecimento, porque pessoas “estavam intencionalmente soltando fogos de artifício” na porta da frente.